40 anos de bênçãos

Organizadores da 40ª Romaria ao Santuário Estadual de Nossa Senhora Aparecida em Campos Novos, avançam na definição de infraestrutura para a maior romaria à padroeira do Brasil do sul do país.  

À noite passada (19), estiveram reunidos com o pároco, padre Alcides Agonese (CS), membros do Conselho Pastoral Paroquial (CPP), o secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Ademir Bebber e o diretor de eventos da secretaria, Vinícius Serena.

De acordo com o secretário, a prefeitura e os órgãos de segurança, já se reuniram.  “A nossa preocupação é criar um ambiente com ainda maior segurança e isso nos envolveu bastante. Já está organizado e vamos ter em torno de 105 homens, entre polícias militar e civil, bombeiros e segurança privada”, enfatiza Ademir. 

Infraestrutura

O propósito dos organizadores, ressalta um dos membros do Conselho Pastoral Paroquial, Valtoir Scolaro, é garantir que os romeiros tenham preservado o espaço para manifestar sua devoção sem a interferência do comércio ambulante.

Além disso, a organização prepara uma sonorização de qualidade durante a peregrinação, circulação com segurança e atendimento com alimentação de qualidade, para o maior número possível de peregrinos.

Para isso, segundo o secretário Ademir Bebber, a prefeitura ficará responsável pelas seguintes providências:

Contratação de um trio elétrico e de um sistema de som que retransmita a romaria ao longo do trajeto; Instalação do palco suspenso na Avenida Coração de Maria; Instalação da tenda com pelo menos 12 bóx para a praça de alimentação, mantida pelas capelas, pastorais e movimentos; Instalação de bóx para os vendedores ambulantes na Rua Chapecó, nas proximidades do ginásio Osny Jacomel; Banheiros químicos no trajeto da Romaria e nas proximidades do Santuário; Instalação de grades na Avenida Coração de Maria para organização do trânsito de pedestres; Fiscalização e regulação do comércio ambulante.

“Na Avenida Coração de Maria, vamos fechar toda ela com grades nas laterais e com o palco suspenso, a procissão vai passar embaixo. Vamos ter fiscais de tributos e os servidores da Secretaria de Obras e da Vigilância Sanitária ficarão à disposição do evento”, adianta Bebber. 

Projeto de Lei

Uma emenda à legislação do comércio ambulante em Campos Novos deve seguir para a Câmara de Vereadores no início de agosto, anunciou Vinícius Serena.

“Estamos finalizando a redação para uma emenda à legislação, visando alterar itens como local de instalação e valor da cobrança de taxas. Por sinal, a Câmara e a sociedade podem nos ajudar na discussão do valor dessas taxas”, afirma Vinícius.

Para regular o comércio ambulante, a prefeitura pretende garantir prioridade a vendedores de Campos Novos e da região e lançará a partir de agosto, três lotes para venda dos espaços.

Roseli Rossi Lara – Rede Scalabriniana